Absurdo – Homem joga carro na frente de carreta com os dois filhos para se vingar da ex

Duas crianças morreram em um acidente de trânsito provocado pelo próprio pai no quilômetro 21 da rodovia Presidente Dutra, em Lavrinhas, no interior de São Paulo, por volta das 12h deste domingo (9).

De acordo com a Polícia Civil, Lucilo Souza Pinto Filho, de 59 anos, pegou os filhos, Samuel Henrique dos Santos Pinto, de 6 anos, e Saulo José dos Santos Pinto, de 4 anos, na casa da mãe para passar o Dia dos Pais.

Segundo testemunhas , ele manobrou o carro Celta branco no acostamento e começou a acelerar na contramão, até jogar o veículo pra cima de uma carreta carregada com carga de chocolate.

O automóvel colidiu frontamente e a carreta pegou fogo.

Os pequenos Samuel e Saulo morreram no local, enquanto Lucilo quebrou as pernas e a bacia.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ele foi socorrido em estado grave ao pronto socorro do Hospital de Cruzeiro e, posteriormente, transferido para Taubaté.

O motorista da carreta não ficou ferido.

A polícia apura se o acidente foi provocado por vingança porque a mãe das crianças teria pedido na sexta-feira (7) uma medida protetiva contra o pai dos meninos.

Neste domingo, ele a convenceu e afirmou que levaria os filhos para tomar sorvete.

A CCR NovaDutra, em nota, informou que foi acionada para atender a uma colisão frontal entre um veículo e uma carreta carregada com carga de chocolate no km 20,7 da pista sentido São Paulo, no Vale do Paraíba. Com o impacto, a carreta pegou fogo.

Para atendimento da ocorrência, a pista sentido Rio de Janeiro também foi interditada.

Ao chegar no local, as equipes de resgate médico constataram que as duas crianças já estavam mortas.

Equipes do Corpo de Bombeiros atuaram no combate ao incêndio da carreta.

Os corpos de Samuel e Saulo foram sepultados às 9h desta segunda-feira (10) no Cemitério Municipal de Cruzeiro.

Folha 7

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756 9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *