Atenção – Com 557 casos confirmados, Guaíra prepara arrastão de combate à dengue

Os casos de dengue aumentaram 25,5% em uma semana no Paraná, de acordo com um último boletim divulgado na terça-feira (21) pela Secretaria de Estado da Saúde.

São 7.618 confirmações da doença no estado desde agosto de 2019. Na semana anterior, eram 6.068.

O Paraná registra 24 municípios em estado de epidemia de dengue. Entre eles está Guaíra, na região Oeste.

O município que faz fronteira com o país vizinho, Paraguai, tem 557 casos de dengue confirmados e 695 notificados.

Dos casos confirmados, 556 são autóctones, ou seja, contraídos na cidade onde a pessoa vive, e apenas um importado.

Conforme o último LIRAa (Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes Aegypti), o índice de infestação no município está acima dos 6%.

Como forma de tentar reverter que o número de casos continue aumentando no município, a prefeitura realizará uma ação de combate ao mosquito da dengue.

Como primeira iniciativa, um arrastão de limpeza terá início nesta quinta-feira (23) e será realizado em toda cidade em um prazo de 60 dias dando prioridade inicialmente a região central, onde o índice de casos positivos da dengue é mais alto, seguindo no sentido horário, primeiramente no Jardim Sete Quedas, até finalizar na Vila Bandeirantes.

Segundo o secretário de Saúde, Marcos Rigolon, essa não é a primeira vez o município enfrenta uma epidemia da doença e ressalta que o combate ao mosquito tornou-se ainda mais difícil sem o inseticida disponibilizado pelo Governo Federal e que está em falta desde maio de 2019.

O produto é de suma importância para o combate e a falta dele dificulta ainda mais o controle, fazendo com que a responsabilidade da população seja ainda maior.

Os profissionais que realizarão o arrastão participaram de uma capacitação, na manhã desta quarta-feira (22), e abordaram assuntos sobre o ciclo reprodutivo, enfatizando que a única forma eficaz é eliminando todo e qualquer tipo de lixo corretamente.

No total, 20 funcionários terceirizados, juntamente aos 20 Agentes de Endemias, seguirão por toda cidade realizando o arrastão de limpeza e orientando moradores, entrando nas residências para fazerem a eliminação mecânica dos recipientes possam se tornar foco do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e de doenças como Febre Amarela, gripe Chikungunya e o Zika Vírus, evitando que o mosquito se prolifere ainda mais.

ATENDIMENTO ESPECIAL

A secretaria de Saúde de Guaíra está disponibilizando atendimento especial para pacientes que apresentam sintomas da dengue. Todos os atendimentos devem ser realizados primeiramente na UPA – Unidade de Pronto Atendimento.

Após a classificação realizada pela enfermeira, caso seja suspeita de dengue, o paciente é encaminhado para o médico que está atendendo na Unidade Central de Atendimento, onde será medicado e receberá o restante do atendimento.

Esse atendimento especial é realizado das 19h às 21h de segundas a sextas-feiras.

PARANÁ

De acordo com o balanço oficial, além de Guaíra, outros 23 municípios estão em situação de epidemia, sendo eles: Bandeirantes (região Norte) e Ivaiporã (Vale do Ivaí).

Os outros municípios que já haviam atingido este patamar são Braganey, Juranda, Nova Cantu, Peabiru, Quinta do Sol, Douradina, Diamante do Norte, Guairaçá, Inajá, Paraíso do Norte, Paranavaí, Santa Isabel do Ivaí, Tamboara, Ângulo, Colorado, Doutor Camargo, Floraí, Paranacity.

Uniflor, Florestópolis e Sertaneja.

Os municípios que apresentam casos de dengue grave, com pacientes em tratamento, são Paranaguá, Foz do Iguaçu, Nova Cantu, Quinta do Sol, Cianorte, Colorado, Santa Fé, Florestópolis, Ibiporã, Londrina, Porecatu, Cornélio Procópio e Sertaneja.

Já as cidades com maior número de casos confirmados até o momento são Inajá (577); Nova Cantu (569); Paranavaí (549) e Quinta do Sol (440).

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756 91 07 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Comente – Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *