Casal preso – Dinheiro falso e cobra píton dentro de casa

Casal preso – Dinheiro falso e cobra píton dentro de casa

Um casal foi preso após policiais militares encontrarem R$ 680 em notas falsas e uma cobra na casa dele, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

Segundo os agentes, a cobra se trata de uma Píton Pigmentada. Biólogo explica que a espécie é asiática e só chega ao Brasil por mercado clandestino.

Por não ter a identidade divulgada, o g1 não conseguiu localizar a defesa dos suspeitos.

“A espécie é do oeste asiático e da África.

Ela não tem no Brasil, quando vem para cá é de forma clandestina.

Já li sobre casos em que as espécies mais raras podem chegar a R$ 50 mil”, explicou o biólogo Edson Abrão.

O caso aconteceu na sexta-feira (9), enquanto os policiais foram atender uma ocorrência de violência contra a mulher.

De acordo com os PMs, o homem disse que ele e a esposa estavam apenas discutindo.

Ao revistarem a casa, além da serpente, os agentes encontraram mais de R$ 8 mil, sendo R$ 680 em notas falsas, celulares e cartões.

Ainda conforme a Polícia Militar, o suspeito não informou como conseguiu o dinheiro e o animal.

“Ela não é peçonhenta, e pode chegar até oito metros de comprimento.

E é muito próxima da jiboia ou sucuri, matam as presas por constrição (abraço), elas sufocam e se alimentam”, disse Edson.

O caso foi encaminhado para a Polícia Federal, onde segue em investigação.

A reportagem entrou em contato com a PF, por e-mail, às 8h40, desta segunda-feira (11), a fim de saber se eles seguem presos e qual a origem do animal, e aguarda retorno.

O g1 entrou em contato com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), por mensagem de texto, às 8h desta segunda-feira, a fim de saber se a Polícia Civil tem conhecimento do caso, e aguarda retorno.

Portal Voxnet – Via g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *