Contagem Regressiva – Paranaenses deixam de pagar pedágio no domingo (28)

Contagem Regressiva – Paranaenses deixam de pagar pedágio no domingo (28)

O Anel de Integração do Paraná consiste atualmente em uma malha de 2.493 quilômetros de rodovias divididas em seis lotes interligados, administrados pela iniciativa privada e mantidos com a cobrança da tarifa de pedágio que forma um polígono geométrico interligando Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, Cascavel, Foz do Iguaçu, Campo Mourão, Maringá, Paranavaí, Londrina e Paranaguá.

Depois de quase duas décadas e meia em operação, as cancelas enfiam serão erguidas e os paranaenses deixarão, por um período ainda sem definição de tempo, de pagar para passar por elas.

Considerado um dos pedágios mais caros do Brasil, no domingo será o primeiro dia depois de 24 anos, que os paranaenses passarão livremente para trafegar pela malha rodoviária.

Tarifa zero vai durar pouco

Mas calma, as cancelas não devem ficar erguidas por muito tempo. O governo federal trabalha, por meio do Ministério de Infraestrutura e Transportes, na nova licitação.

Apesar das afirmações de que as tarifas devem se menores se comparadas aos valores exorbitantes praticados em todo o Paraná, um dos mais elevados do País, o estado vai “ganhar” novas praças de pedágio com ampliação da malha pedagiada em mais mil quilômetros.

Somente na região oeste serão 3 novas praças de pedágio: entre Cascavel e Toledo na BR-467 em trecho já duplicado com recursos públicos, além da BR-163 em Lindoeste e próximo a Mercedes.

Portal Voxnet – Via Portal 24

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/wwport/public_html/wp-includes/functions.php on line 5107