Crime > Corpo de enfermeira é encontrado e policial preso diz que marido é mandante

O corpo da enfermeira Zuilda Correia Rodrigues, de 43 anos, que estava desaparecida desde o dia 27 de setembro, foi encontrado, nesta terça-feira (8), em um rio e reconhecido pelo filho dela que acompanhava as buscas em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

Um policial militar, que não teve a identidade divulgada, foi preso suspeito de participação na morte.

Em depoimento, ele apontou o marido da vítima, Ronaldo da Rosa, como o mandante do crime. Ronaldo está foragido.

De acordo com a Polícia Civil, o militar estava afastado do cargo e trabalhava como entregador no espetinho de Ronaldo.

Ele confessou o crime à polícia e disse que foi o responsável por ocultar o cadáver.

O policial militar afirmou que jogou o corpo de Zuilda em um bueiro, perto do centro de eventos municipal.

Os policiais vasculharam o local por horas nessa segunda-feira (7).

Entretanto, o corpo só foi encontrado hoje, boiando em um rio que passa pelo município. Segundo a polícia, a vítima estava sem um braço e sem a cabeça.

O corpo da enfermeira foi encaminhado para exame no Instituto Médico Legal (IML).

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9806 90 99 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *