Execução > Sobrinho de prefeito é executado por terroristas com 11 tiros

O sobrinho do prefeito de Coronel Sapucaia, Valdir do Campo, 54 anos, assassinado por terroristas do grupo paramilitar EPP (Exército do Povo Paraguaio), foi alvejado por 11 tiros e teve o corpo deixado no campo da estância El Ciervo, região de selva entre os departamentos (equivalentes a estado) de San Pedro e Amambay.

Valdir era comerciante de madeira e trabalhava no corte de árvores com pelo menos outros quatro paraguaios quando foi atacadop por sete homens armados usando roupas camufladas com a sigla EPP bordada nas mangas.

O promotor Federico Delfino disse a jornalistas paraguaios que o brasileiro deve ter sido assassinado entre 22 horas e 22h30 de ontem, dia 19 de novembro, sete horas após ser sequestrado.

Segundo o site Campo Grande News, o corpo foi encontrado por volta de meia-noite perto do retiro Três Marias, na mesma fazenda, e removido só na manhã de hoje.

No acampamento, os terroristas queimaram um carro e outros produtos. Eles deixaram no local um panfleto com ameaças a quem planta soja e milho transgênico.

Familiares de um adolescente paraguaio que trabalhava com Valdir do Campo afirmam que o rapaz fugiu do local após o ataque e ainda não foi localizado.

O promotor não confirmou se o adolescente pode ter sido levado pelos terroristas.

O Ministério Público investiga se os guerrilheiros já vinham ameaçando o brasileiro, já que os demais homens do acampamento foram deixados vivos.

Segundo Delfino, antes de matar Valdir, o grupo de terroristas obrigou os trabalhadores a prepararem o jantar.

Equipes da Força de Tarefa Conjunta, grupo formado por policiais e homens das Forças Armadas, continuam nos arredores do distrito de Santa Rosa del Aguaray, à procura de pista dos terroristas.

O EPP já faz vários ataques armados a policiais e à própria FTC.

Dourados News

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *