Grave > Mulher leva mais de mil picadas após ser atacada por abelhas

Uma mulher, de 55 anos, foi atacada por um enxame de abelhas e está internada em estado grave no Hospital Universitário de Cascavel, no oeste do Paraná, neste sábado (5).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ela foi picada mais de mil vezes.

O enxame estava escondido em meio a madeiras velhas no fundo do terreno da casa de Delcila Buchingui.

A vítima morava sozinha e, provavelmente, não sabia que da existência da colmeia no fundo do quintal.

“Essas abelhas já tinham uma colmeia no fundo do lote, e ela [vítima] foi fazer uma limpeza, mexeu no enxame e as abelhas acabaram atacando”, conta o apicultor Antônio Marcos, que retirou os animais do local.

Segundo familiares de Delcila, ela tinha dificuldades para andar, usava muletas, e isso deve ter dificultado a fuga dela do enxame. Os vizinhos a encontraram sentada em um banquinho com o corpo coberto de abelhas tentando se abanar.

“Foi desesperador, ela gritava por socorro, mas não tinha como chegar perto.

Alguns vizinhos pegaram uma mangueira e tentaram jogar água, mas não conseguiram porque a mangueira não alcançou.

Alguns rapazes pularam, tentaram ajudar, mas não conseguiram porque as abelhas atacavam” , contou Eliane Silva Monteiro.

Delcila Buchingui foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, levada à Unidade de Pronto-Atendimento Brasília e depois transferida para o hospital.

G1 Paraná

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórt

Uma mulher, de 55 anos, foi atacada por um enxame de abelhas e está internada em estado grave no Hospital Universitário de Cascavel, no oeste do Paraná, neste sábado (5).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ela foi picada mais de mil vezes.

O enxame estava escondido em meio a madeiras velhas no fundo do terreno da casa de Delcila Buchingui.

A vítima morava sozinha e, provavelmente, não sabia que da existência da colmeia no fundo do quintal.

“Essas abelhas já tinham uma colmeia no fundo do lote, e ela [vítima] foi fazer uma limpeza, mexeu no enxame e as abelhas acabaram atacando”, conta o apicultor Antônio Marcos, que retirou os animais do local.

Segundo familiares de Delcila, ela tinha dificuldades para andar, usava muletas, e isso deve ter dificultado a fuga dela do enxame. Os vizinhos a encontraram sentada em um banquinho com o corpo coberto de abelhas tentando se abanar.

“Foi desesperador, ela gritava por socorro, mas não tinha como chegar perto.

Alguns vizinhos pegaram uma mangueira e tentaram jogar água, mas não conseguiram porque a mangueira não alcançou.

Alguns rapazes pularam, tentaram ajudar, mas não conseguiram porque as abelhas atacavam” , contou Eliane Silva Monteiro.

Delcila Buchingui foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, levada à Unidade de Pronto-Atendimento Brasília e depois transferida para o hospital.

G1 Paraná

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *