Guaíra > Gaeco prende quatro policiais suspeitos de facilitar entrada de drogas e celulares na delegacia

Quatro investigadores da Polícia Civil de Guaíra, no oeste do Paraná, foram presos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em uma operação contra os crimes de organização criminosa, corrupção passiva e concussão, quando a pessoa se aproveita do cargo público para exigir vantagem indevida.

Ao todo, 21 mandados judiciais, entre prisão e busca e apreensão, foram cumpridos em várias cidades do estado.

Ainda durante a ação, o delegado e o superintendente da delegacia de Guaíra também foram suspensos temporariamente das funções por ordem judicial.

Um agente de carceragem também foi preso por porte de munição ilegal.

Conforme as investigações, os envolvidos são suspeitos de facilitar a entrada de drogas e celulares na carceragem e oferecer vaga privilegiada para presos mediante pagamento e acobertamento de atividades criminosas.

Além de Guaíra, a operação também cumpriu mandados em Altônia, Maringá, Toledo, Marechal Cândido Rondon e Curitiba.

As buscas foram realizadas na Delegacia de Polícia e no Setor de Carceragem de Guaíra (salas e veículos dos investigados e dos servidores, além de celas de quatro presos) e na Delegacia de Polícia de Cândido Rondon.

Os suspeitos também tiveram a suspensão temporária de posse de arma e de aquisição e registro de arma de fogo para posse ou porte.

Operação Abois

Durante a manhã, também na delegacia de Guaíra e de Marechal Cândido Rondon, o Gaeco de Foz do Iguaçu fez outra operação, batizada de Abois.

A ação mirou um esquema promovido por particulares e servidores públicos da área da segurança pública, que aplicava golpes em pessoas que tinham seus veículos roubados/furtados em todo o Estado do Paraná.

Segundo as investigações, eles prometiam a recuperação dos veículos, mas, na realidade, já sabiam que estavam apreendidos em Delegacias de Polícia do estado.

A suspeita é de que as promessas eram feitas mediante pagamento em dinheiro.

G1 Paraná

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *