Inusitado > Criador de aves esconde pássaros em risco de extinção na cueca e é multado

Durante operação na região da zona rural de Alcinópolis, a Polícia Militar Ambiental (PMA) prendeu um criador de aves, de 47 anos, que capturava pássaros que estão na lista de risco de extinção, na noite de ontem (24).

Na abordagem, ele estava com dois espécimes na cueca.

De acordo com a PMA, o suspeito estava em uma motocicleta e foi abordado na estrada conhecida como Transmac, entre Alcinópolis e o assentamento Santa Fé.

Em vistoria, os agentes encontraram dentro de sua mochila uma rede para captura de aves.

Em revista pessoal.

foram encontrados dois pássaros da espécie bicudo, que estavam envoltos em uma meia e escondidos dentro da cueca do infrator.

Uma das aves estava morta.

O homem foi preso em flagrante por caça ilegal e maus-tratos a animais, sendo encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil do município.

A motocicleta e a rede foram apreendidas.

Pelo crime ambiental de maus tratos, ele poderá pegar pena de três meses a um ano de prisão e, pela caça de animal silvestre em extinção, de seis meses a um ano e meio.

Ele também foi autuado e multado em R$ 12 mil.

PÁSSARO BICUDO

A ave encontrada com o suspeito, chamada cientificamente de Sporophila maximiliani, está em estado crítico de preservação, distante três classificações da extinção, devido a apreciação de seu canto para torneios, sendo alvo de traficantes de animais, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Os machos apresentam coloração preta, com uma mancha branca na parte externa das asas.

A parte inferior das asas apresenta nuances de branco. Seu bico é branco ou manchado na maioria dos bicudos.

As fêmeas e os filhotes apresentam coloração parda, em tons de castanho, sendo o espécime encontrado com o caçador ilegal.

Correio do Estado

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *