Lamentável > Fogo no Parque Nacional de Ilha Grande já consome mais de 35 mil hectares

Os esforços para combater o incêndio de grandes proporções que atinge o Parque Nacional de Ilha Grande continuam.

Mais de 65 pessoas atuam no combate às chamas, incluindo brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Corpo de Bombeiros (Altônia, Umuarama, Umuarama, Cascavel e Foz do Iguaçu), Batalhão de Operações Aéreas da Polícia Militar (BPMOA), Prefeitura de Altônia, São Jorge do Patrocínio, Icaraíma, Alto Paraíso e Coripa.

Na quinta-feira (15), os bombeiros do Mato Grosso do Sul também foram acionados para auxiliar o trabalho.

De acordo com o ICMBio, até a manhã desta sexta-feira (16), 35 mil hectares foram consumidos pelo fogo. Na quinta-feira, houve trabalho nas duas frentes de incêndio.

As chamas na várzea continental do Norte da Ilha foram vencidas, na altura do córrego Guarani e na ponta norte da Ilha Grande (ambos os locais em Alto Paraíso). Iniciou-se agora o monitoramento no local, que se estenderá por tempo indeterminado.

Na frente Sul os brigadistas estão realizando o combate às chamas e o reconhecimento do aceiro da lagoa Saraiva para conter o fogo que avança em direção à porção sul do Parque.

O fogo na Ilha Grande teve duas frentes. Uma começou na Praia do Paracaí (na divisa de São Jorge do Patrocínio e Alto Paraíso), na noite do dia 11 de agosto, e o outro na lagoa Jatobá (entre Altônia e Guaíra), na terça-feira (13).

As chamas se alastraram a uma velocidade de 4,16 km/h, consumindo 30 mil hectares em apenas 12 horas.

Segundo o ICMBio, as categorias de velocidade de propagação de incêndios florestais indicam que o incêndio atingiu um nível considerado extremo.

OBemdito

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9806 90 99 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *