Na Cadeia > Pai de adolescente que disparou contra colegas em sala de aula em Medianeira é preso

O pai do adolescente que atirou e feriu dois alunos no Colégio Estadual Mondrone, em Medianeira, no Oeste do Paraná, nesta sexta-feira, 28, foi detido pela Polícia Civil.

Ele terá que responder por porte de armas ilegal de arma de fogo e omissão de cautela.

Dois alunos ficaram feridos. Um deles, de 15 anos, levou um tiro na coluna e corre risco de ficar paraplégico.

Ele recebeu os primeiros atendimentos no hospital de Medianeira e foi transferido para o Hospital do Trabalhador, em Curitiba, onde é avaliado pela equipe de ortopedia.

O outro adolescente levou um tiro de raspão no joelho, foi atendido e liberado.

O aluno agressor foi apreendido pela Polícia Militar (PM) e está sob custódia na casa de Socioeducação.

Antes de cometer o crime, ele gravou vídeos afirmando que foi humilhado e ameaçado pelos colegas nas escola.

Ele e um colega, que deu suporte ao ataque e estava armado com uma faca, são ouvidos pela Polícia Civil.

Na mochila do aluno que fez os disparos foi encontrada uma grande quantidade de munição calibre 22, além da arma e artefato similar a uma bomba incendiária e facas.

Já na casa dele e do outro rapaz detido, teriam sido encontradas mais duas armas. Os pais dos jovens já foram localizados e estão sendo encaminhados para a delegacia, uma vez que os suspeitos são menores de idade.

Aulas suspensas

Após o atentado no começo da manhã desta sexta-feira (28 de setembro), a direção do Colégio Mondrone decidiu suspender todas as aulas até a próxima segunda-feira (1º de outubro).

Bem Paraná

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *