Perigo > Cobra Cascavel é encontrada em armadilha para ratos

Imagina o susto de encontrar um animal como este dentro de uma armadilha feita para capturar roedores.

Essas caixas são obrigatórias ao redor dos aviários e contém iscas para atrair ratos.

Por sua vez, esses roedores atraem cobras.

Em Palotina, oeste do Paraná, um avicultor levou um baita susto ao fazer a conferência das caixas para a troca das iscas.

Encontrou essa cobra da espécie Cascavel com cerca de um 1,10 de comprimento. Segundo o produtor rural, essa não é a primeira vez que serpentes são encontradas na propriedade.

Animal Perigoso

A cobra da espécie Cascavel possui um veneno poderoso.

Ele destrói as células do sangue das vítimas, causa lesões musculares, afeta os sistemas nervoso e renal.

A picada de cascavel não dói, segundo diversos relatos do Instituto Butantan.

Quem for mordido jamais deve fazer torniquetes ou garrotes – isso agrava a ação do veneno e pode levar à amputação do membro atingido. Também não se deve enfaixar a ferida.

Pode-se lavar o ferimento com água e sabão ou com soro fisiológico.

Mas a melhor coisa a se fazer é levar a vítima o mais rápido possível para o hospital e, de preferência, com a cobra.

Isso é importante para a identificação do animal e, portanto, para a administração correta do soro antiveneno, ou antiofídico.

Se não for possível capturar a serpente, deve-se dar uma boa olhada nela, para depois descrevê-la ao médico e ele poder aplicar o soro correto.

A característica mais marcante da Cascavel é um som de chocalho forte.

A serpente desse espécie ocupa o primeiro lugar no número de mortes causadas por acidentes mordidas de cobras

Tarobá News

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *