Protesto – Empresários fazem carreata por abertura da fronteira

Empresários ligados à Câmara de Indústria, Comércio, Turismo e Serviço de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, realizaram manifestação pela abertura da fronteira.

A cidade é vizinha a Ponta Porã e tem no turismo de compras, de grande parte realizado por brasileiros, garantia de movimentação financeira.

De acordo com o Ponta Porã News, o objetivo da manifestação é mostrar a inconformidade com a proibição de realizar intercambio de mercadorias na Linha de Fronteira.

Até a semana passada as lojas do lado paraguaio estavam atendendo os clientes brasileiros através de aplicativos e faziam as entregas na Linha Internacional sem nenhuma sanção por parte dos militares.

Por determinação do Ministério da Saúde do Paraguai, temendo contaminação pelo coronavírus a pratica foi proibida aumentando ainda mais o prejuízo dos empresários paraguaios que tem nos brasileiros seus maiores clientes.

Com o fechamento da fronteira estima-se que cerca de 5 mil pessoas já foram demitidas das empresas de Pedro Juan Caballero e de acordo com a Câmara de Indústria, Comércio, Turismo e Serviço daquela cidade centenas de empresas não abrirão mais suas portas.

Mesmo com a manifestação dos empresários, o presidente do Paraguai, Mário Abdo Benitez tem afirmado que a fronteira não será reaberta e ele considera o Brasil uma ameaça para os para os países vizinhos devido aos grande número de casos de coronavírus.

Dourados News

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756 9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *