Queimadas > MS decreta situação de emergência após 1 milhão de hectares destruídos

O governo de Mato Grosso do Sul decretou nesta quarta-feira (11), por 180 dias, situação de emergência em razão do grande número de queimadas no estado, principalmente na região do Pantanal.

O texto deve ser publicado na edição desta quinta-feira (12) do Diário Oficial.

Com o decreto o governo do estado pode comprar produtos e contratar serviços para o combate às queimadas sem licitação, além de se habilitar para receber auxílio do governo federal em termos de recursos, máquinas e equipamentos, até mesmo das organizações militares.

O governo decidiu decretar emergência após uma reunião realizada nesta terça-feira (10), entre sua equipe técnica e a do Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Os técnicos avaliaram a gravidade do problema por conta da estiagem prolongada e da expectativa de falta de chuva para os próximos 15 dias.

“Nós tomamos a decisão ontem, foi técnica, em função de nos últimos dois dias registrarmos um aumento significativo dos focos de incêndio em Mato Grosso do Sul.

As nossas equipes do Ibama, do Prevfogo, dos bombeiros, da PMA [Polícia Militar Ambiental] e toda a estrutura do governo já está trabalhando nos focos atuais”, explicou o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime
Verruck.

G1

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9806 90 99 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *