S.O.S. > Picada por cobra, jovem espera 7 horas por atendimento em região isolada

Ana Paula Pinto da Silva de 19 anos precisou ser levada de avião para o hospital mais próximo da região de Coxim, após ser picada por uma cobra no pé direito, na fazenda em que mora no Pantanal de MS.

De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foram sete horas de espera para receber os primeiros atendimentos.

Segundo o socorrista Manoel Nunes, o avião que trouxe a jovem aterrizou as 18h (horário de MS) desta quinta-feira (17), no aeroporto de Coxim, região norte do estado.

Ele ainda reforça que se ela fosse levada de carro, o trajeto poderia demorar até 12 horas, o que poderia complicar o estado de saúde da jovem.

e acordo com o Samu, a vítima apresentava sonolência e paralisia no local da picada.

Ela ainda informou que estava realizando serviços domésticos quando foi atacada pela cobra.

Nunes acredita que a “suspeita é que seja um a jararaca, mas por conta da demora para ser atendida, a jovem não apresentava mais os sinais da picada”.

Ela foi encaminhada para o hospital Regional de Coxim, onde segue internada.

O estado de saúde dela é estável.

De acordo com ocorrência, o transporte foi feito por uma aeronave de um empresário que presta serviço aéreo de resgate na região pantaneira.

G1 MS

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *