Solidariedade > Pais pedem ajuda para tratamento de bebê com doença degenerativa

O pequeno Antônio Ávila Forti, de apenas dez meses de idade, precisa muito de ajuda.

Ele foi diagnosticado com AME (Atrofia Muscular Espinhal), que é uma doença gravíssima e degenerativa.

O garotinho fez exames na última sexta-feira (09) e no sábado, a médica informou à família sobre o caso.

Infelizmente a criança já perdeu o movimento das pernas e, aos poucos, outros membros e órgãos vão parar de funcionar também.

A doença não tem cura, mas tem um tratamento que é extremamente caro.

O único medicamento indicado para a enfermidade é o Spinraza, que é um remédio importado. O tratamento custa R$ 3.500.000,00.

A família vai entrar com ações contra o plano de saúde e SUS (Sistema Único de Saúde) para conseguir adquirir a medicação.

Enquanto a batalha na justiça está apenas começando, os pais do pequeno Antônio criaram uma ‘vakinha’ virtual, que é possível ser acessada através deste link, para arrecadar doação em dinheiro.

O pai, Fábio Forti, estipulou como meta o montante de R$ 1.464.000,00, dinheiro que seria suficiente para comprar as quatro primeiras doses do Spinraza.

Ele tem um prazo de dois meses para arrecadar esse valor, por isso é mais urgente.

É possível acompanhar o dia a dia de Antônio através de uma página no Facebook.

Qualquer informação sobre o andamento do tratamento de Antônio, pode ser repassado através dos telefones (41) 9 9941-1417 e (41) 9 9548-3459.

A família é de Curitiba e está fazendo o pedido de ajuda em todos os lugares possíveis.

Antônio tem um irmãozinho gêmeo e família está lutando contra o tempo para dar mais esperança ao filho.

CGN

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *