Transtorno > Após tiros e barreira de fogo, Prefeitura pede que Lula seja transferido

A Procuradoria Geral do Município reiterou neste sábado (28), o pedido à 12ª Vara da Justiça Federal para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja transferido da sede da Polícia Federal.

Nesta nova solicitação, a PGM cita o tiroteio que deixou feridos dois integrantes do acampamento da rua Padre João Wislinski, fato que motivou uma manifestação com barreira de fogo na rua Mascarenhas de Morais.

A manifestação interrompeu por horas o trânsito na região, especialmente as linhas alimentadoras do Terminal Santa Cândida.

“Um preso com a expressiva trajetória política do líder sindical, mentor e líder de movimentos sociais, ex-presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva.

O local oferece risco, transtorno à população, aos funcionários da própria PF, e atrapalha a rotina de prestação de serviços aos brasileiros que precisam da emissão de passaportes”, destacou o prefeito Rafael Greca.

Portal Voxnet (Gazeta do Povo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *