Vacinação > Campanha de Vacinação Contra a Gripe começa nesta quarta (10)

Amanhã dia 10 de abril a Secretaria Municipal de Saúde inicia a Campanha de Vacinação contra a Gripe.

O clima quente começa se despedir e o vento fresco que tem soprado sobre Guaíra, traz de volta as gripes e resfriados.

Devido isso ações de prevenção às doenças típicas do inverno passam a ser prioridades para sistema de Saúde.

Como em todos os anos o Ministério da Saúde lança a Campanha contra a Gripe e convoca alguns grupos da população a se vacinarem com objetivo de minimizar a proliferação do vírus da gripe.

A campanha esse ano tem início amanhã, dia 10 de abril, termina no dia 31 de maio e está dividida em duas etapas. Na primeira fase, que vai de 10/04 até 22/04, estão convocados a se vacinarem, crianças a partir de seis meses até 5 anos e 11 meses, gestantes e puérperas.

A coordenadora municipal da Saúde Primária, Simone Mikos, alerta que essa divisão é ordem do Ministério da Saúde e deverá ser respeitada.

O Secretário Municipal de Saúde, Marcos Rigolon, enfatiza a ação especial que a Secretaria de Saúde organizou para o sábado dia 13/04, onde as Unidades Básicas de Saúde e a Sala de Vacinação Central estarão abertas para atender a demanda de vacinas das 7 horas até as 13 horas.

Crianças de 6 meses e menores que 6 anos , gestantes e Puérperas devem procurar a Sala de vacinas o quanto antes e se durante a semana não der, no sábado dia 13/04 haverá atendimento especial das 7h às 13 horas.

Na segunda etapa, do dia 22/04 à 31/05, também haverá um dia D para atender o público específico determinado pelo Ministério da Saúde.

O dia D será no dia 04 de maio das 8horas às 17 horas também nas Unidades Básicas de Saúde e na Sala de Vacinas Central. Nessa fase estão convocados a se vacinar: trabalhador de saúde: todos os trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados, povos indígenas: indivíduos com 60 anos ou mais de idade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade (obrigatório prescrição médica com motivo da indicação da vacina) e professores das escolas públicas e privadas.

A gripe propaga-se facilmente e é responsável por elevadas taxas de hospitalização.

Idosos, crianças, gestantes e pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, ou imunodeficiência são mais vulneráveis aos vírus.

Se não for tratada a tempo, a gripe pode causar complicações graves e levar à morte, principalmente nos grupos de alto risco, como pessoas com mais de 60 anos, crianças menores de cinco anos, gestantes e doentes crônicos.

A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

Para proteger-se contra a infecção ou evitar a transmissão do vírus, recomenda-se além da vacinação: lavagem das mãos com água e sabão ou desinfetá-las com produtos à base de álcool, evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes; não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal.

Gripe pode matar. Fique ligado no cronograma da Secretaria Municipal de Saúde e se tiver dúvidas procure o posto de saúde do seu bairro.

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756-9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *