Vingança – Depois de matar padre, rapaz mata o próprio pai e confessa o crime

A Polícia Civil de Paranaguá, no Litoral do Paraná, investiga mais um crime cometido por Paulo Roberto Nunes, de 25 anos.

O rapaz, que é morador da cidade, confessou ter matado o próprio pai, porque segundo ele, o homem teria abusado de uma de suas irmãs.

O crime aconteceu no final de semana e chocou a cidade.

Segundo a polícia, Carlos Roberto Nunes, de 55 anos, foi assassinado e teve o corpo carbonizado pelo próprio filho.

Paulo Roberto Nunes, o filho, foi preso logo após o crime, quando tentava tirar a própria vida, ameaçando pular de uma passarela.

Durante o resgate, a polícia descobriu que o jovem era o mesmo que já havia matado outra pessoa e confessado o crime.

As investigações apontam que Paulo teria matado, quando tinha 21 anos, o padre Auci Ribeiro Lucas, na época aos 45 anos, também no litoral do Paraná.

A morte do padre, na época, foi justificada pelo rapaz como vingança por conta de relações sexuais que mantinha com Auci Ribeiro Lucas.

O padre ficou exercendo o cargo por um tempo nas cidades do litoral, e depois foi transferido para a cidade de Tunas do Paraná.

Mesmo assim, continuou a manter contato com o rapaz.

Na época do crime, Paulo Roberto chegou a ser preso com o carro da vítima.

Ele teria afirmado que o padre pagava para manter relações sexuais com ele e que um desentendimento, por conta disso, foi o que motivou o assassinato, e não os abusos que hoje ele diz ter sofrido.

Matou e incendiou o corpo do próprio pai

O segundo assassinato cometido por Paulo Roberto aconteceu no final de semana, mas ele deu indícios de que faria alguma coisa muito antes, no dia 17 de maio.

Nas redes sociais, o rapaz fez uma postagem em que dizia que não aguentava mais conviver com seu pai, pois o homem teria abusado de sua irmã.

O desabafo continua nas redes sociais e mostra o desespero traduzido em palavras de um jovem atormentado.

Em seu texto, demonstrou ódio, revolta e falou sobre impunidade.

Poucos dias depois, matou seu pai e incendiou o corpo.

Após isso, tentou se jogar da passarela onde foi encontrado.

Ric mais

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756 9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *